• ACC – Adiantamento sobre Contrato de Câmbio

    Procurando por ACC para sua empresa? Temos as melhores alternativas do mercado, para todos os portes de empresa.

    seta formulário
  • Solicite um contato sem compromisso hoje mesmo!

O Conexão Financeira tem parceria com diversas instituições financeiras autorizadas pelo Banco Central a realizar operações de câmbio para empresas. Dentre as operações realizadas, temos a ACCAdiantamento sobre Contrato de Câmbio. Nossos parceiros poderão apresentar à sua empresa as melhores soluções para suas operações em moeda estrangeira.

O Adiantamento sobre Contrato de Câmbio (ACC) é uma antecipação financeira parcial ou total para empresas que vendem produtos ao mercado externo, com entrega futura. Em outras palavras, o ACC funciona como uma espécie de financiamento. O banco adianta o capital que seria pago futuramente ao exportador antes do seu produto embarcar para o destinatário final e recebe tal valor quando do pagamento.

O adiantamento é todo feito em moeda nacional (R$), relativo ao valor da venda feita em moeda estrangeira. Nesse caso, a conversão é feita pela taxa de câmbio corrente do dia da contratação do ACC. Dessa forma, o adiantamento também permite que o exportador receba o seu pagamento em uma taxa de cambio fixa. Com esse formato, o exportador se blinda de possíveis variações cambiais no período entre a venda até a entrega do produto.

Por ser um empréstimo garantido pelo pagamento futuro do importador – com risco menor – a taxa de juros do ACC costuma, normalmente, ser menor que a média do mercado. Em contrapartida, o prazo do ACC é limitado a um máximo de 360 dias, a contar desde da contratação do crédito até a data da fatura de serviço ou do conhecimento de embarque.

Vale lembrar que as operações de ACC também passam por uma análise de crédito para analisar as partes envolvidas e suas capacidades de pagamento. Dessa forma, as operações de ACC costumam levar um tempo maior de análise, em comparação às operações de financiamento tradicionais.

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira.