6 coisas que você precisa saber sobre os bancos digitais

Publicado por Guilherme Alves - 10/02/2022

1. Você não precisa mais ir até o banco

Qual foi a última vez que você precisou ir até o banco para depositar dinheiro, fazer uma transferência ou pagar suas contas? Hoje em dia, boa parte das pessoas que tem conta no banco utilizam o aplicativo do banco digital ou fazem uso do internet banking.

2. Banco digital não é o mesmo que banco digitalizado

Acessibilidade do serviços digitalmente não é suficiente para que um banco seja considerado banco digital. É necessário oferecer vantagens e principalmente dispensar a ida do cliente até o banco presencialmente, tudo deve ser possível ser feito sem sair de casa.

Para diferenciar isso a FEBRABAN lista o que é necessário:

  1. Captura de documentos, informações e assinatura eletrônica.
  2. Atendimento 100% digital, ou seja, contratar produtos e consultas são feitas por aplicativo ou telefone.
  3. Resolver questões por múltiplos canais virtuais, ou seja, você pode ligar para o banco e terminar recebendo um e-mail ou mensagem no WhatsApp.

3. Banco digital promove a inclusão bancária

Você sabia que milhares de brasileiros não tem conta no banco? Segundo o IBGE esse número é aproximadamente 55 milhões de pessoas. Por isso a importância dos bancos digitais para mudar esses números.

Com isso os bancos digitais promovem a inclusão bancária, simplificando o uso do dinheiro, controle das finanças, poupança, uso do cartão de crédito e até fazer investimentos, tudo sem sair de casa.

É importante saber que essas pessoas não tem conta no banco mas tem dinheiro, e não é pouco. O IBGE calculou que essa população tinha renda anual de R$ 665 bilhões, o equivalente ao PIB do Chile, na época do levantamento.

4. Os bancos tradicionais estão em serviços digitais cada vez mais

Os bancos tradicionais não querem ficar para trás, por isso estão investindo cada vez mais e se transformando. O ritmo de adoção de agências digitais, com atendimentos por meio de chats, telefone, e-mail ou videoconferência vem aumentando ao longo dos anos. Com a revolução do setor financeiro, os bancos tradicionais estão criando seus próprios bancos digitais. Em 2017 o Banco do Brasil lançou o BB Digital, o Bradesco lançou o Next.

5. Bancos digitais já têm milhões de clientes

O número de clientes de bancos digitais já cresceu bastante no Brasil, apesar de a novidade ser relativamente recente. Um dos pioneiros foi o Banco Original, criado em 2008 como Banco JBS. Em 2016, o Original lançou as operações como banco digital. Outro banco que se destaca pelo número de clientes é o Banco Inter. Depois de atuar por 23 anos como Intermedium, mudou de nome em 2017 e lançou ações na bolsa de valores tornando-se a primeira fintech listada na bolsa de valores brasileira, a B3.

6. Economia e investimento

A principal vantagem do banco digital é a economizar de tempo e dinheiro. Afinal muitas das vantagens são a isenção de taxas e tarifas. Aproveitando que você economiza dinheiro você pode investir essa economia na própria plataforma do banco digital.

Confira os nossos parceiros e escolha o melhor para abrir sua conta caso ainda não tenha em um banco digital.

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira.