Como conseguir Capital de Giro para minha Empresa

Existem algumas maneiras de como conseguir capital de giro para empresa. Confira algumas opções que podem ajudar você nesta procura.

1. Aporte dos sócios

A primeira opção é buscar entre os sócios um aporte financeiro para a empresa. Se o seu negócio precisa de um investimento rápido, sem muita burocracia, o aporte dos sócios é uma boa opção. Outro ponto positivo é que, nestes casos e em teoria, a empresa não precisará pagar juros (mas os sócios devem acordar entre si como será a restituição desse aporte). Por outro lado, pensando que uma empresa é feita para dar lucro, essa opção descapitaliza os sócios. 

2. Renegociação de dívidas e parcelamentos

Não se trata de uma forma de conseguir capital de giro para empresa mas sim uma maneira de diluir os custos do negócio a curto prazo, melhorando o fôlego financeiro.

Essa estratégia é indicada quando a equação da necessidade de capital de giro que aborda os custos estiver próxima a fechar e, com custos reduzidos, chega-se a um equilíbrio. Neste modelo a empresa renegocia os prazos de pagamento junto aos credores, reduzindo o valor das parcelas (mesmo que aumentando o número destas).

3. Antecipação de recebíveis

Uma das maneiras mais tradicionais entre empresas para conseguir capital de giro de maneira rápida. Ao antecipar os recebíveis uma empresa está antecipando o recebimento de um pagamento de cliente que só seria feito no futuro. 

Como a grande maioria das empresas oferece formas de pagamento a prazo para seus clientes, através de boletos ou duplicatas, sua empresa pode buscar uma instituição financeira que faça a antecipação de recebíveis e receber o valor do boleto ou duplicata imediatamente, mediante uma taxa de desconto. 

A antecipação pode ser realizada também com pagamentos realizados por meio de cheques e cartões de crédito.

É importante, entretanto, que essa prática não se torne um hábito pois, ao antecipar seus recebíveis, esse capital

4. Conta garantida

A conta garantida é como se fosse um limite de cheque especial para empresas. A vantagem sobre o cheque é que suas taxas costumam ser mais baixas.

Quase todas as empresas podem ter acesso a essa forma de conseguir capital de giro, mas é preciso ficar atento. Apesar de atrativa, a opção pode ter uma alta incidência de impostos além de uma taxa de juros elevada, ainda que menor que o do cheque especial.

5. Empréstimos bancários para Pessoa Jurídica

Outra opção bastante utilizada por empresas de todos os setores, com o objetivo de conseguir capital de giro para a empresa.

É importante que a empresa tenha um planejamento financeiro estruturado antes de solicitar o empréstimo, sabendo qual o valor teto da parcela para esta não se tornar um problema futuro. Outro ponto a ter com clareza é em quanto tempo se pretende quitar o empréstimo. 

Uma boa pesquisa entre os bancos para comparar taxas, juros, multas e o custo efetivo total do empréstimo é fundamental para garantir o melhor negócio possível. Lembrando que nós do Conexão Financeira podemos lhe ajudar aqui.

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira.