Conciliação Bancária: O Que É e Como Fazer? [GUIA 2021]

Equipe Conexão Financeira - 19/05/2021

Você sabia que a conciliação bancária é essencial para a saúde financeira da sua empresa? Use essa estratégia, antes de tomar qualquer decisão importante na empresa.

Trata-se de uma comparação de informações que permite identificar com precisão o saldo da empresa, além de evitar fraudes e lançamentos errados.

Quer adotar essa estratégia no seu negócio, mas ainda não sabe como fazer essa comparação? Acompanhe o artigo!

Precisa de crédito rotativo para investimentos ou para saldar suas dívidas empresariais? Então veja como funciona a Conta Garantida da Conexão Financeira!

O Que É Conciliação Bancária?

A conciliação bancária é o processo de comparar o extrato da conta corrente com o controle financeiro interno da empresa.

Ou seja, você irá comparar o levantamento de todos os valores que entraram (receitas) e que saíram (despesas) da empresa com as movimentações da conta bancária. 

Esse processo é simples. No entanto, é essencial para manter as finanças da sua empresa sob controle e evitar surpresas.

Sem essa técnica, você pode comprometer a eficiência do controle do fluxo de caixa e do capital de giro disponível para o crescimento do seu negócio. 

Já a falta de controle financeiro pode levar ao fechamento da empresa. Segundo levantamento de Demografia das Empresas e Estatísticas de Empreendedorismo, do IBGE, 60% acabam falindo após 5 anos.

Algumas das principais razões para o fechamento da empresa são a falta de acompanhamento das finanças e de planejamento financeiro.

Para Que Serve a Conciliação Bancária?

conciliacao-bancaria-para-que-serve

A conciliação bancária serve para identificar se há alguma inconsistência nas informações do controle financeiro interno da empresa.

Afinal, essa técnica permite verificar se tudo o que foi registrado como receita ou despesa realmente entrou ou saiu da conta corrente da empresa.

Esse tipo de controle é importante para, por exemplo:

1. Identificar Fraudes Internas

Uma simples conciliação bancária é capaz de evitar grandes problemas, como as fraudes internas.

Isso porque, ao realizar essa comparação de dados, você consegue identificar, por exemplo, se cheques foram compensados e se depósitos em dinheiro foram feitos corretamente.

2. Ter Um Controle Mais Efetivo das Movimentações Financeiras

Por meio dessa estratégia, ainda é possível ter um controle maior e mais claro das movimentações financeiras da sua empresa. 

Assim, você consegue identificar se seu negócio está trabalhando com saldo positivo ou negativo.

3. Garantir Um Saldo Bancário Confiável

Outro ponto positivo dessa técnica é a possibilidade de descobrir se o saldo bancário é realmente o valor que sua empresa dispõe em caixa. 

Ter conhecimento dessa informação é indispensável para a tomada de decisão. Se possível, opte por investir parte do lucro no crescimento da empresa.

4. Melhorar o Planejamento Orçamentário

O planejamento orçamentário nada mais é do que planejar receitas, despesas e investimentos de uma empresa a curto, médio e longo prazo.

Alie essa estratégia à sua conciliação bancária, e faça previsões mais assertivas para o futuro do seu negócio.

5. Melhorar a Previsão de Fluxo de Caixa

Por fim, a conciliação bancária ainda proporciona um controle mais efetivo do fluxo de caixa e uma visão mais clara sobre a situação financeira da sua empresa.

Logo, a previsão de fluxo de caixa fica mais precisa. Dessa forma, a gestão financeira fica facilitada, assim como a previsibilidade de desafios que possam surgir.

Além disso, também ajuda a cortar gastos desnecessários e a garantir o cumprimento das obrigações fiscais.

Qual a Diferença Entre Conciliação Bancária e Fluxo de Caixa?

Muitos empreendedores confundem conciliação bancária com fluxo de caixa. Por isso, deixam de utilizar as duas estratégias para o controle financeiro empresarial. Quando, na verdade, elas são complementares e devem ser utilizadas juntas.

Entenda mais sobre cada uma delas:

Fluxo de Caixa

O fluxo de caixa é o registro de receitas (tudo o que a empresa recebe) e despesas (tudo o que a empresa paga). 

Esse controle permite comparar os valores que entram e saem para identificar a saúde financeira da companhia. Ou seja, se sua empresa está gerando lucro ou prejuízo.

O ideal é que esse registro seja feito diariamente com auxílio de planilhas do Excel ou de softwares automatizados, dependendo do volume de transação. 

Conciliação Bancária

Já a conciliação bancária, por sua vez, consiste em comparar os dados do controle financeiro interno com o extrato da conta corrente da empresa.

Assim você consegue saber todos os valores que entraram em sua empresa por meio do controle interno, como vendas de produtos ou serviços. Depois, você irá verificar se essas movimentações realmente constam na conta corrente.

Como É Feita a Conciliação Bancária?

A conciliação bancária pode ser feita por meio de uma planilha do Excel ou de softwares automatizados. 

Primeiramente, monitore o fluxo de caixa. No fluxo, devem constar todas as entradas e saídas de valores da empresa, como por exemplo pagamentos de clientes, impostos, salários de colaboradores, etc.

Depois, é preciso conferir se todas as datas e valores registrados neste controle interno correspondem aos lançamentos da conta bancária.

Por fim, se identificar inconsistências, é necessário buscar a fonte da incongruência de informações e corrigi-las.

Lembre-se que algumas transações podem demorar mais dias para compensar, como depósitos que não são feitos em dias úteis ou transferências via DOC ou TED.

Todo esse processo pode ser feito quinzenalmente, mensalmente e trimestralmente, dependendo do número de transações da sua empresa.

É possível até optar por fazê-lo semestralmente ou anualmente, porém não é o mais indicado, pois compromete a agilidade de correção de falhas.

Quem Faz a Conciliação Bancária?

conciliacao-bancaria-quem-faz

Geralmente, o profissional responsável por cuidar desse procedimento é o contador da sua empresa. Por outro lado, também há a opção de se ter um o colaborador designado para essa função.

Porém, se sua empresa é pequena ou está no início das atividades, realize você mesmo esse controle.

Precisa de crédito rotativo para investimentos ou para saldar suas dívidas empresariais? Então veja como funciona a Conta Garantida da Conexão Financeira!

Conclusão

A conciliação bancária é uma ferramenta indispensável para melhorar o controle financeiro de uma empresa e aumentar as chances de mantê-la no mercado.

Além de permitir identificar as inconsistências e as fraudes, também possibilita, por outro lado, um controle mais efetivo das transações financeiras e um melhor planejamento orçamentário.

Portanto, mesmo que seu negócio seja de pequeno porte e que você seja o responsável por realizar esse processo, não deixe de fazê-lo. Afinal, uma gestão financeira saudável é indispensável para o sucesso de uma empresa.

ATENÇÃO!!! Não somos uma instituição financeira e nem oferecemos produtos financeiros pelo site, e-mail ou WhatsApp. Fique atento a golpes! Caso receba alguma mensagem solicitando depósitos e usando a nossa marca, denuncie e bloqueie o número imediatamente.
Close Bitnami banner
Bitnami