Descubra Os 6 Tipos de Empreendedorismo e Suas Características!

Equipe Conexão Financeira - 24/05/2021

Você sabia que há diversos tipos de empreendedorismo no Brasil? Não é de se espantar já que somos um país de empreendedores. Temos mais empreendedores que países como a China, os Estados Unidos e o Japão.

Segundo pesquisa da Global Entrepreneurship Monitor (GEM), 38% da população brasileira possui seu próprio negócio.

Com um número tão alto de empreendedores, é normal que haja diferentes formas de gerenciar uma empresa. 

Neste artigo, vamos apresentar as seis principais formas de empreender. Descubra qual a melhor escolha para seu negócio e tire seus planos do papel!

Está abrindo o seu próprio negócio? Então veja como o Capital de Giro pode ajudar você a dar seus primeiros passos!

Quais São os Principais Tipos de Empreendedorismo?

Há diferentes maneiras de você tirar seu plano do papel e abrir seu próprio negócio, desde o empreendedorismo de franquia até o digital.

A escolha, primeiramente, irá depender do seu objetivo. Avalie suas características como empreendedor e, claro, o produto ou serviço que você pretende vender.

Conheça agora os seis principais tipos de empreendedorismo:

1. Empreendedorismo Individual

Também conhecido como Microempreendedor Individual (MEI), a categoria se refere aos donos de empresas que trabalham sozinhos ou com no máximo um funcionário.

Esse é o menor tipo de empresa existente no país e o faturamento anual não deve ultrapassar R$ 81 mil.

Além de ser uma opção para micronegócios, o MEI também é uma alternativa para profissionais autônomos e freelancers. Tais profissionais que desejam se formalizar, podem conquistar alguns benefícios como, por exemplo, acesso a empréstimos MEI e direito à aposentadoria por idade.

2. Empreendedorismo Informal

Dentre os tipos de empreendedorismo, essa é a categoria que não possui formalização nem registros das suas atividades. Podemos citar, por exemplo, as barracas de ruas ou os ambulantes como esse tipo de empreendedorismo.

Geralmente, quem atua com esse tipo de empreendimento não vê seu negócio como um investimento, mas sim como uma necessidade de curto prazo.

A grande desvantagem da falta de formalização é a restrição a serviços de financiamento exclusivos para empresas e benefícios previdenciários.

3. Empreendedorismo de Franquias

O empreendedorismo de franquias é um modelo de empresa pronto. A principal vantagem, certamente, é a possibilidade de investir em um negócio já testado e consolidado. Além disso, há o apoio de ter uma marca forte por trás.

Primeiramente, você poderá contar com a expertise do franqueador. Não se preocupe com produtos, tipos de serviços e preços. O franqueador lhe apoiará em tudo.

Se você não quer assumir maiores riscos, essa é uma opção interessante para você. No entanto, esse modelo, exigirá um investimento inicial.

No Brasil algumas franquias bem sucedidas são, por exemplo, O Boticário, Cacau Show, CVC Brasil, Localiza Hertz  e redes de fast foods.

4. Empreendedorismo Cooperativo

Esse modelo de negócio é composto por empreendedores individuais que possuem o mesmo objetivo. Estes se juntam para obterem melhores oportunidades de trabalho e condições de negócios.

Há um forte senso de trabalho em equipe e de apoio mútuo já que todos trabalham para beneficiar o grupo.

Como exemplo podemos citar um grupo de publicitários que juntam diferentes habilidades (a redação, a criação, o atendimento e a mídia social) para atender clientes maiores.

5. Empreendedorismo Social

tipos-de-empreendedorismo-social

O empreendedorismo social busca desenvolver ações que tenham impacto positivo na sociedade. É o caso, por exemplo, de organizações não governamentais (ONGs) e de instituições beneficentes.

Porém, o grande desafio desse tipo de negócio é conseguir reunir recursos financeiros para sustentação da empresa ao mesmo tempo que contribui para o bem-estar da sociedade.

6. Empreendedorismo Digital

Dentre os tipos de empreendedorismo, esse é o mais versátil, já que o dono do negócio irá empreender na internet.

A grande vantagem dessa modalidade é a possibilidade de empreender de qualquer lugar. Esse formato gera, por exemplo, uma maior comodidade, uma maior flexibilidade e uma melhor qualidade de vida.

Além disso, como não necessita de uma estrutura física, não exige um investimento inicial tão alto. 

Como casos de empreendedorismo digital podemos citar, por exemplo, a produção de conteúdo (como cursos online, vídeos e podcasts), os e-commerces no geral, os serviços de aplicativos, etc.

Qual Tipo de Empreendedorismo Predomina no Brasil?

A maioria dos empreendedores do Brasil se registram como Microempreendedor Individual (MEI).

Algumas das principais razões para a preferência são os impostos reduzidos e a facilidade de formalização, já que todo o cadastro é feito online, de forma rápida e sem custo. 

Além disso, essa também é a melhor alternativa para trabalhadores autônomos que ofertam serviços e produtos. 

Por outro lado, um dos melhores tipos de empreendedorismo no Brasil e no mundo é o digital. Isso porque existe a possibilidade de atingir um público maior, além da versatilidade de criar diferentes tipos de negócios e da economia de custos. 

Só É Possível Seguir Um Tipo de Empreendedorismo?

Não é necessário seguir apenas um tipo de empreendedorismo. Inclusive, a maior parte dos empreendedores brasileiros misturam diferentes categorias de negócio para atender a sua necessidade.

Por exemplo, um profissional autônomo que fornece seus produtos ou serviços na internet se enquadra na categoria de empreendedor individual e digital.

O Que Um Empreendedor Precisa Para Ser Bem-sucedido?

como-ser-um-empreendedor-bem-sucedido

Não basta conhecer as diferentes categorias de empreendedorismo para ter sucesso com seu negócio. É necessário, também, possuir um conjunto de características.

Você deve ter, por exemplo, coragem de assumir riscos, iniciativa para buscar oportunidades e persistência para atingir seus objetivos.

Além disso, também é essencial saber fazer um bom controle financeiro da sua empresa e ter conhecimentos de marketing para divulgar seu empreendimento.

Está abrindo o seu próprio negócio? Então veja como o Capital de Giro pode ajudar você a dar seus primeiros passos!

Conclusão

Ingressar no mundo dos negócios com sua própria empresa é uma tendência no Brasil . É possível apostar em diferentes tipos de empreendedorismo se esse é seu objetivo.

Para ter sucesso como empreendedor, no entanto, é importante ter conhecimentos sobre gerenciamento de negócios, finanças e marketing.
Com essas competências, certamente você conseguirá realizar seus sonhos.

Para mais dicas continue acompanhando o blog da Conexão Financeira.

ATENÇÃO!!! Não somos uma instituição financeira e nem oferecemos produtos financeiros pelo site, e-mail ou WhatsApp. Fique atento a golpes! Caso receba alguma mensagem solicitando depósitos e usando a nossa marca, denuncie e bloqueie o número imediatamente.
Close Bitnami banner
Bitnami