Empréstimo ou financiamento: qual é a melhor alternativa?

Publicado por Aline Julio - 27/07/2022

empréstimo ou financiamento

Conseguir a quantia necessária para realizar um sonho nem sempre é fácil como parece. São nesses momentos que você pode ficar em dúvida sobre recorrer ao empréstimo ou financiamento.

Os dois têm seus benefícios e desvantagens, servindo para diferentes objetivos. Por isso, na hora de escolher entre o empréstimo pessoal ou financiamento, você deve analisar qual faz mais sentido para o seu objetivo.

Para te ajudar a fazer essa escolha, explicaremos neste artigo como funciona cada um, suas diferenças e quando você deve recorrer ao empréstimo ou financiamento. Continue a leitura!

Como funciona o empréstimo pessoal?

O empréstimo pessoal é o principal recurso financeiro para questões pessoais, como a compra de um bem, quitação de dívidas, etc.

Assim como a diferença para o crédito consignado, o empréstimo tem suas vantagens e desvantagens.

Na prática, ao solicitar um empréstimo pessoal, o banco te fornece uma quantia que deverá ser paga até uma determinada data, com acréscimo de juros nas parcelas.

Porém, ao solicitar o empréstimo, não é necessário declarar qual a sua finalidade. Se você tiver um bom histórico com o banco ou financeira, terá acesso rápido ao empréstimo.

Tipos de empréstimos

Entre os principais tipos de empréstimos, você pode solicitar:

Cada um terá uma análise diferente para liberar o dinheiro, se adequando ao seu perfil, renda e objetivo.

Como funciona o financiamento?

O financiamento também é a liberação de crédito para adquirir um bem. Porém, nesse caso, é preciso informar qual será a finalidade desse dinheiro, realizando toda a transação pelo seu banco.

Para a liberação do dinheiro, será analisado o perfil do solicitante (renda, histórico de dívidas, etc.) e a justificativa da solicitação.

Após a liberação, o próprio banco irá fornecer o dinheiro diretamente para o receptor, sem passar pela sua conta-corrente. Nesse caso, o dinheiro não é seu, ele é usado diretamente para o seu objetivo.

O pagamento também é por parcelas, com acréscimo de juros e possibilidade de amortização — reduzindo os juros ao pagar parcelas antecipadas.

Tipos de financiamentos

Como o financiamento é utilizado para bens específicos, existem diferentes modalidades às quais você pode recorrer:

  • financiamento de veículos;
  • financiamento de imóveis;
  • financiamento coletivo;
  • financiamento estudantil.

Além disso, o financiamento também é uma boa alternativa para pequenos e médios empreendedores, com opções diferenciadas, como o leasing para compra de equipamentos e financiamento empresarial.

Afinal, qual é melhor?

A resposta para essa pergunta depende do seu objetivo com o dinheiro, perfil como pagador e recursos disponíveis.

Caso o seu objetivo seja a compra de um bem, como uma casa ou um carro, os dois podem ser opções viáveis, mas você deve analisar os seguintes ponto antes de escolher:

  • Finalidade: se o bem será de menor valor ou não estiver incluso nas categorias de financiamento, um empréstimo ou consignado pode ser uma boa alternativa;
  • Praticidade: o empréstimo é um recurso mais rápido de se conseguir, mas o seu limite também é menor;
  • Juros: com um valor muito maior e mais tempo de pagamento, o financiamento oferece taxas de juros menores que o empréstimo.

Com o Conexão Financeira você encontra as melhores opções de empréstimo pessoal ou financiamento empresarial. Conheça os nossos comparativos e encontre as melhores taxas do mercado para realizar o seu sonho!

Para outras dicas sobre investimentos e solicitação de crédito pessoal e empresarial, acompanhe os artigos do blog e siga-nos nas redes sociais @conexao_financeira.

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira.

Receber Cotação