Entenda quais são os tipos de empréstimo com garantia e qual é o melhor para você

Equipe Conexão Financeira - 28/10/2021

A pandemia de Covid-19 trouxe uma série de dificuldades financeiras à maioria dos cidadãos brasileiros, o que levou muitos deles a pensarem na realização de algum tipo de empréstimos com garantia.

Embora os empréstimos possam ser benéficos para quitação de dívidas a curto prazo, podem também ser um problema se o pagamento não for planejado adequadamente quanto às parcelas com juros.

Para segurança do credor, existem então as garantias. Uma garantia serve como proteção adicional em um empréstimo, tornando-o mais atraente para potenciais credores. 

Os credores estão mais dispostos a fornecer empréstimos com garantia mesmo para candidatos com um perfil de crédito ruim, pois a presença de um fiador diminui a probabilidade de um credor não ser reembolsado.

Por exemplo, se você tem um negócio que presta serviços de contabilidade para empresas e necessita de dinheiro instantâneo, pode pensar em fornecer como garantia um imóvel pessoal ou salário.

Sendo assim, é uma opção viável para devedores com histórico de crédito insatisfatório ou nenhum. Nesse caso, a promessa do fiador pode permitir que as pessoas obtenham empréstimos que, de outra forma, seriam inacessíveis.

No Brasil, as opções de crédito disponíveis eram restritas a bons pagadores e pessoas com crédito na praça, por volta dos anos 2000. A partir de 2010, as opções tiveram maior flexibilidade e passaram a ser voltadas também aos maus pagadores.

Antes de 2005, o ato de encerramento de empresa era muito comum, devido à dificuldade e burocracia impostos para realização de empréstimo e quitação de dívidas.

Garantia de Imóvel
Empréstimo com Garantia

Os empréstimos são uma boa opção para ajudar a manter as dívidas em dia. Contudo, com a necessidade de novos financiamentos para o programa em substituição ao Bolsa Família, haverá aumento do Imposto sobre Operações Financeiras (IOF) pelo governo.

Este imposto tem influência nos mais diversos âmbitos como câmbio, seguros, investimentos e crédito, o que acarretará em um aumento das taxas sobre possíveis empréstimos, tanto de pessoas físicas quanto jurídicas.

Neste cenário, as Fintechs ainda surgem como uma melhor opção para o fornecimento de crédito, por associar inovação ao mundo das finanças. Esse termo se refere à startups, ou seja, um tipo de empresa que traz inovação e revoluciona sua área de atuação.

As Fintechs fornecem soluções diferenciadas para diversos serviços como empréstimos com menores taxas, melhores condições de pagamento e parcelamento, crédito facilitado, dentre outros, permitindo ao cliente realizar os serviços sem ir a alguma agência.

Imagine que você tem um grande aporte de materiais em sua residência e deseja contratar um serviço de segurança patrimonial. Para isso, pode abrir sua conta em uma Fintech pelo smartphone e imediatamente ter acesso a diversas opções flexíveis.

Neste artigo, vamos te apresentar quais os principais tipos de garantia para empréstimos e alguns cuidados e observações ao fazê-los.

Primeiramente, apresentaremos os principais tipos de empréstimos com garantia que você pode encontrar no mercado: garantia de imóveis, com aval dos sócios, com garantia de salário, de automóvel, de celular e joias. 

Empréstimo com garantia de imóveis

Esse tipo de aluguel financeiro, que também pode ser chamado de home equity, teve início em 2006 no Brasil e consiste no uso de imóveis no nome da pessoa que deseja realizar o financiamento ou de terceiros que se responsabilizam por ela.

As principais vantagens englobam:

  • Prazos mais longos para quitação;
  • Maiores valores a serem obtidos;
  • Taxas reduzidas;
  • Maior segurança e confiabilidade;
  • Menor burocracia.

Neste tipo de garantia, o valor do imóvel, seja ele terreno, edifício ou sala comercial, é analisado para então fornecer uma linha de crédito com base em porcentagem.

Imagine que você tem uma empresa de terceirização em TI (Tecnologia da Informação) e precisa fazer um empréstimo jurídico.

Nesse exemplo você tem uma chácara no interior de São Paulo e dá esse imóvel de R$600.000,00 como garantia na operação. O banco ou Fintech pode te fornecer então uma linha de crédito correspondente até 60% da quantia total deste imóvel, ou seja, R$360.000,00, em uma situação hipotética.

Este tipo de empréstimo teve um aumento de 26% no Brasil no ano de 2020, conforme dados do Banco Central, e tende a continuar crescendo devido aos benefícios que oferece.  

Busca um Empréstimo com Garantia de Imóvel? Clique aqui e vamos lhe ajudar!

Empréstimo com aval dos sócios

A garantia de aval dos sócios consiste no consentimento de um dos componentes de uma sociedade para um negócio assumir possíveis inadimplências de pagamento da linha de crédito concedida.

É um dos tipos de garantia menos conhecido e popular e, por isso, não muito utilizado. Neste tipo de crédito com garantia, o sócio responsável deverá arcar com o débito realizado por meio de alguns bens pessoais, no caso de não pagamento.

Empréstimo com garantia de salário

É o tipo de crédito mais solicitado por pessoas físicas que estão empregadas, devido à praticidade quanto à forma de pagamento. É destinado mais a pessoas físicas com remuneração de maior estabilidade como cargos públicos e aposentados.

Para pagamento destes tipos de empréstimos, existe uma grande interligação de dados com a instituição que é credora e o recebedor.

Assim, as parcelas podem ser descontadas da folha de pagamento, INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) ou holerite por meio de empresas de folha de pagamento, automatizando o processo. 

Empréstimo com garantia de automóvel

Esta modalidade pode ser usada por pessoas físicas ou jurídicas e consiste no automóvel, particular ou empresarial, como garantia a possíveis inadimplências. Apresenta uma boa oferta na taxa de juros, uma vez que o automóvel pode ressarcir os prejuízos.

As linhas de crédito podem variar entre 60 a 90% do valor do automóvel ou motocicleta dados como garantia.

Empréstimo com garantia de celular

Assim como a modalidade de aval de sócios, a de garantia com aparelhos celulares de alto custo como smartphones e afins, é uma modalidade pouco conhecida e utilizada. Contudo, tem chances de um potencial aumento no país com o passar dos anos.

É destinado a pessoas físicas principalmente, com uma margem baixa de crédito variando entre R$300 a R$4.000,00. No caso de inadimplência, a instituição credora tem autorização para bloquear o aparelho e obrigar o recebedor a entregá-lo.

Empréstimo com garantia de recebíveis

Esta modalidade é mais destinada a pessoas jurídicas, sendo as contas a receber dadas como garantia para o crédito. É uma modalidade bem atraente por apresentar baixas taxas de juros.

Deste modo, se houver inadimplência, a instituição credora tem direito a bloquear e embargar os recebíveis até o momento do pagamento do crédito. Tem sido uma ótima opção para empresas que estão se recuperando no período pós-pandemia.

É importante pensar em uma auditoria fiscal de ICMS (Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços) para confirmar que todos os trâmites para esse tipo de crédito estejam dentro da legalidade.

Empréstimo com garantia de joias

Voltado a pessoas físicas, em sua maioria, esse tipo de crédito visa o uso de joias como garantia, sendo os penhores de joias os principais credores dessa modalidade.

É considerada uma modalidade antiga, mas ainda usada por muitas pessoas em decorrência da crise financeira no Brasil que aumentou a inflação, os juros e o desemprego.

4 principais cuidados ao se fazer um empréstimo

O principal risco dos empréstimos é ficar sem moradia, sem automóvel ou dinheiro, ou por qualquer outro bem que tenha sido dado como garantia. Sendo assim, vamos lhe apresentar agora 4 principais cuidados antes de fazer um empréstimo.

1. Pesquise sobre taxas de juros e prazos

Antes de qualquer solicitação de crédito, é importante analisar o tipo que será solicitado e as taxas de juros e prazos de pagamento associados. Empresas Fintechs e que operam somente digitalmente podem ter melhores taxas, uma vez que orçamento é reduzido.

Pode ser interessante também a busca por uma consultoria contábil e fiscal sobre esses empréstimos, a fim de analisar o custo-benefício. 

2. Entenda sobre as modalidades de crédito

A pesquisa visando o maior entendimento sobre as modalidades de crédito e qual delas melhor se adapta às suas necessidades é imprescindível. Com base nessa modalidade as taxas de juros e os prazos serão calculados.

Dessa forma, se você precisa de dinheiro para o pagamento das mensalidades de seu curso técnico à distância, pode pensar em opções de crédito com garantia mais voltada a pessoas físicas como automóveis, salário, celular e joias.

3. Planeje o pagamento das parcelas

Antes de realmente assinar uma contratação de crédito, faça um planejamento de como será o pagamento das parcelas, a fim de evitar inadimplências. Se não for possível planejar, então repense sobre o momento de fazer a solicitação de crédito.

4. Cuidado com golpes

Suspeite de qualquer opção de crédito que tenha taxas de juros muito abaixo das de mercado e pesquise se essa oferta não é falsa. Existem muitos golpes quanto aos empréstimos e você pode sofrer sérios prejuízos. Então fique atento.

Portanto, se está precisando de dinheiro e não sabe qual tipo de empréstimo solicitar, siga as dicas desse artigo e tenha um direcionamento inicial para as melhores ofertas.

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Conteúdo Relacionado

ATENÇÃO!!! Não somos uma instituição financeira e nem oferecemos produtos financeiros pelo site, e-mail ou WhatsApp. Fique atento a golpes! Caso receba alguma mensagem solicitando depósitos e usando a nossa marca, denuncie e bloqueie o número imediatamente.
Close Bitnami banner
Bitnami