Investimentos alternativos

Publicado por Guilherme Alves - 04/03/2022

Opções como a poupança, CDB e Tesouro Direto são os favoritos dos investidores brasileiros. Muitas pessoas gostam de ficar no básico para não correr risco de perder dinheiro. Outras preferem arriscar, investindo em ações na bolsa de valores.

Investir nos métodos tradicionais de renda fixa pode não ser muito atrativo, ao mesmo tempo que investir na bolsa de valores pode parecer bem arriscado.

E aí entram os investimentos alternativos, oferecendo uma melhor relação risco x retorno.

Investimentos alternativos

O mundo está mudando, bem como a forma de investir. Os meios alternativos surgiram para possibilitar novas oportunidades.

Investimentos alternativos são aqueles que não estão no mercado tradicional. Os investidores que concentraram sua carteira em ações e títulos públicos agora têm uma variedade maior de ideias para aumentar a rentabilidade e segurança dos seus investimentos. Equity Crowdfunding e peer-to-peer lending são exemplos de investimentos alternativos.

As vantagens de incluir alguns desses investimentos alternativos no portfólio estão diretamente ligadas à diversificação da carteira para que você diminua os riscos durante qualquer crise. Além disso, a possibilidade de ganhos maiores do que os investimentos tradicionais em renda fixa, e menos risco do que investir em ações na bolsa, por exemplo.

Por outro lado, os investimentos alternativos não possuem proteção do Fundo Garantidor de Créditos (FGC), tornando os investimentos mais arriscados.

Risco x retorno

Por fim, o risco de ambas as modalidades (Crowdfunding e P2P Lending) é o de crédito que pode ser mitigado, entre outras, com diversificação. Risco de crédito nada mais é do que o perigo do tomador do recurso não arcar com as suas obrigações financeiras.

O que minimiza muito esse risco são as informações que você tem das empresas e seu histórico no mercado, o que traz credibilidade ao tomador e para quem investe. Para garantir a segurança do investimento, o investidor deve sempre buscar informações sobre como a plataforma em que ele pretende usar como meio de investimento seleciona as empresas que solicitam o dinheiro.

Na Expeer, por exemplo, que atua como correspondente bancário autorizado pelo Bacen, as oportunidades de investimentos são com foco no setor imobiliário, e por meio de sua plataforma, o investidor empresta recursos a uma incorporadora para financiar um empreendimento ou eventuais deficiências de caixa, que retorna com juros ao investidor. E para trazer mais segurança aos investidores, a Expeer conta com um time altamente qualificado, com vasta expertise nos mercados financeiro, de capitais e imobiliário.

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira.