Leasing de Máquinas e Equipamentos

TEMOS AS MELHORES SOLUÇÕES EM LEASING PARA TODOS OS PORTES DE EMPRESA.

O Leasing é uma operação de arrendamento mercantil, normalmente utilizado por empresas. É similar a um financiamento ou até a um aluguel. A diferença é que no leasing há a opção de compra do bem ao final do contrato. Uma das modalidades mais utilizadas no país pelas empresas é o Leasing de Máquinas e Equipamentos. Empresas que necessitam comprar, por exemplo, maquinário, equipamentos ou veículos, recorrem ao leasing para tais aquisições.

Vamos saber então mais sobre o leasing e suas vantagens!

O que é Leasing

O leasing, ou arrendamento mercantil,  é uma operação financeira onde o arrendador (instituição financeira) faz a compra de algum bem específico, como uma máquina ou equipamento, se tornando proprietário destes. Ao longo do contrato do leasing, a instituição “arrenda” esse bem para o cliente final (arrendatário)  – normalmente empresas. Estas contratam a operação e pagam, assim, mensalmente pela utilização do bem.

É importante explicar, também, o que é arrendamento. Trata-se de uma espécie de aluguel, mas com a diferença que ao final do contrato de arrendamento, o cliente pode fazer a compra do bem “alugado”. Esta condição, entretanto, já está prevista no momento da contratação do arrendamento. 

Em outras palavras, numa operação de leasing, o cliente aluga o equipamento, a máquina ou o veículo, que é comprado pela instituição financeira. Ao final do contrato, o cliente tem três opções: renovar o contrato, devolver o bem e encerrar o contrato ou comprá-lo da instituição arrendatária.

O leasing, portanto, é diferente de um financiamento. No financiamento, o cliente é dono do bem adquirido, e paga mensalmente as parcelas da aquisição. No leasing, por outro lado, o bem pertence a instituição financeira.

Apesar da maioria das operações de leasing serem feitas por pessoas jurídicas (empresas), vale dizer que, por outro lado, ele também pode ser contratado por pessoas físicas.

Quer um contato para conhecer opções de Leasing de Máquinas e Equipamentos? Fale conosco!

Quais são os tipos de Leasing

De acordo com a RESOLUÇÃO Nº 2.309 do Banco Central, que disciplina e consolida as normas relativas às operações de arrendamento mercantil, as operações de Leasing podem ser de dois tipos: Leasing Financeiro e Leasing Operacional.

As diferenças são o prazo de contrato, a vigência de cada um e a possibilidade de compra do bem ao final do período.

Leasing Financeiro

Possui prazo mínimo de dois ou três anos, dependendo da instituição. Ao final do contrato, o bem pode ser comprado por um valor previamente combinado. Normalmente, trata-se de um valor residual pequeno já que houve os pagamentos ao longo dos anos de vigência do contrato.

No caso do leasing financeiro, a manutenção do bem é de responsabilidade do cliente que contrata o leasing. Em outras palavras, o arrendatário.

O leasing financeiro é similar a um financiamento, onde existe um empréstimo com um bem em garantia. 

Leasing Operacional

O prazo mínimo desse tipo de leasing é de 90 dias. Dessa forma, ao final do contrato, o bem pode ser comprado pelo valor de mercado, e não pelo valor residual como acontece no leasing financeiro.

Outra diferença é que a manutenção do bem, nessa modalidade, pode ser tanto do arrendatário quanto da empresa arrendadora. Irá depender, portanto, do acordo feito previamente entre ambas as partes.

Quando fazer um Leasing de Máquinas e Equipamentos?

Uma empresa que deseja adquirir uma máquina ou equipamento e não tenha todo o recurso financeiro de imediato, tem no leasing uma boa opção. Vamos supor que sua empresa deseje adquirir uma mini escavadeira para a construção civil, uma impressora de grande porte ou uma máquina para retífica de motores. Para essas três máquinas, a operação de leasing pode ser feita, com vantagens em relação a um financiamento tradicional.

Vale lembrar que a modalidade de leasing comumente utilizada para máquinas e equipamentos é o leasing financeiro. Nessa modalidade, as despesas de manutenção, a assistência técnica e qualquer outro gasto que o equipamento possa causar durante o tempo de vigência do contrato de aluguel, é responsabilidade da empresa que está utilizando o bem. Como no leasing financeiro a empresa tem a real intenção de adquirir o maquinário ou equipamento ao final do contrato, a tendência, portanto, é que a manutenção seja bem feita. Além disso, a empresa deve pagar o aluguel do bem em dia. Atrasos nos pagamentos podem acarretar na tomada da máquina ou do equipamento por parte da instituição financeira, sem ressarcimento, assim, à empresa que a utilizava, independente do valor já pago.

Vale mencionar que ter máquinas e equipamentos novos e bem cuidados, permite não só oferecer mais produtos, mas também produtos de melhor qualidade para seu cliente. Permite, além disso, manter uma maior produção para os tempos de demanda aquecida e, se algum pedido inesperado te surpreender, a sua empresa será capaz de atender a demanda.

Como conseguir um Leasing de Máquinas e Equipamentos?

Para conseguir uma linha de leasing para sua empresa, o processo é similar ao de um financiamento. Mas há duas formas de se contratar. Através de uma instituição financeira que atenda o público empresarial ou através de um vendedor de máquinas e equipamentos que tenha parceria com alguma instituição financeira.

É muito importante, no entanto, analisar as opções pois as condições variam muito de instituição para instituição.

Quer um contato para conhecer opções de Leasing de Máquinas e Equipamentos? Fale conosco!

Como é escolhida a máquina ou equipamento?

Assim como numa operação de financiamento, a empresa que necessita da máquina ou do equipamento é livre para escolher a opção que melhor lhe atende. Além disso, é possível realizar a plena negociação de descontos com o vendedor, já que se trata de uma operação com pagamento imediato por parte da instituição financeira.

Outro fato comum é quando a empresa, ao buscar o fornecedor de máquinas ou equipamentos, ser apresentada à instituições que oferecem o leasing. Para o vendedor é interessante essa parceria, pois dessa forma, permite que seu cliente tenha crédito para adquirir seu produto.

Quais os tipos de maquinas e equipamentos podem ser adquiridos através de leasing?

As operações de leasing podem ser feitas para diversos segmentos. Confira alguns exemplos:

Hospitalar/Saúde: Clínicas odontológicas e dermatológicas por exemplo;

Industrial: Máquinas injetoras; tornos; centros de usinagem;

Movimentação de cargas: Empilhadeiras;

Energia: Geradores; compressores de ar;

Indústria Gráfica: Impressoras

Construção Civil: Escavadeiras

É possível Leasing de Máquinas e Equipamentos Importados?

Sim, é totalmente possível. No entanto, na grande maioria dos casos, é necessário que a máquina ou equipamento já tenha sido importado por uma empresa especializada e esta faça a “venda” para o cliente interessado. A operação segue normalmente, como uma operação de leasing de um equipamento nacional.

Apesar de incomum, algumas instituições fazem leasing para a importação. Nesse caso, financia-se o bem junto ao vendedor no exterior.

Quer um contato para conhecer opções de Leasing de Máquinas e Equipamentos? Fale conosco!

Como é feita a analise de crédito no Leasing?

Assim como numa operação de financiamento tradicional para empresas, no leasing também há uma análise de crédito. Primeiramente, a empresa envia a documentação, o vendedor do bem envia os dados do bem desejado e a instituição financeira analisa. As análises costumam ser rápidas, permitindo agilidade na operação.

Vale lembrar que se a empresa que precisa do bem possuir pendências ou restrições, a possibilidade da operação de leasing ser aprovada é pequena. No entanto, por se tratar de uma operação com garantia, o próprio bem no caso, é comum haver certa flexibilidade nas análises de crédito.

Quais as vantagens e desvantagens do Leasing?

A principal vantagem da operação de leasing é o custo reduzido. Esse tipo de operação possui a isenção da cobrança de IOF, cobrada nos financiamentos tradicionais. Além disso, por ter a garantia do bem, uma máquina, um equipamento ou um veículo, as taxas também costumam ser reduzidas. Dessa forma, o leasing tende a apresentar valores de “prestação” menores que o financiamento.

Outra vantagem é que o leasing apresenta, normalmente, prazos longos, de até 60 meses por exemplo. Essa característica muda o endividamento da empresa, permitindo um melhor fluxo de caixa. Além disso, no leasing não há “entrada” na maioria dos casos. Ou seja, pode-se financiar 100% do valor do equipamento.

Por outro lado, por se tratar de uma operação similar a um contrato de aluguel, caso a empresa queira quitar as parcelas antecipadamente, em outras palavras, antes do período de permanência mínimo, pode haver cobrança de quebra de contrato.

Por fim, existem também dificuldades ao se fazer leasing de bens usados. Normalmente apenas máquinas e equipamentos novos são possíveis de aquisição através de uma operação de leasing.

Qual é a taxa de juros do leasing de máquinas e equipamentos?

Assim como no financiamento, não é possível definir uma taxa de juros para o leasing. A taxa irá variar de operação para operação, de cliente para cliente, de equipamento para equipamento.

Vale lembrar que um dos maiores benefícios do leasing, como falamos anteriormente, é a ausência do IOF. Nesse cenário, não existe a cobrança de juros e taxas do Imposto sobre Operações Financeiras. Isso permite que muitos empresários enxerguem nesse tipo de operação uma alternativa mais estratégica para a empresa.

Com o Leasing a Empresa paga menos impostos?

Temos aqui mais um vantagem do leasing para certos tipos de empresas. As empresas enquadradas no Lucro Real, podem fazer o lançamento das parcelas no balanço, através da categoria de despesas operacionais. Isso significa que há redução da base de impostos, entre eles IRPJ e CSLL.

Vale lembrar que a Norma Internacional de Relatório Financeiro (IFRS) 2016 destaca que os leasings operacionais e financeiros são arrendamento mercantil. Ou seja, a contabilização ocorre sempre no ativo e no passivo, e não mais no resultado.

Além disso, há dedutibilidade de 100% do valor da parcela, desde que sejam feitos os ajustes no Livro de Apuração do Lucro Real (LALUR). Os créditos de PIS e Cofins são calculados sobre o valor da depreciação, com exceção, no entanto, de despesas acessórias e financeiras. Por outro lado, o ISS é pago e o ICMS não oferece direito a benefícios.

Diferenças entre Leasing e Comodato

Outra opção para empresas que queiram adquirir máquinas e equipamentos é o comodato.

Enquanto o leasing pode ser entendido como uma forma de financiamento, o comodato se assemelha mais ao aluguel. Na operação de leasing, a empresa tem a intenção de que o equipamento seja seu no futuro. Assim, o valor pago durante a locação pode ser deduzido de uma futura compra.

Quando você faz um acordo de leasing, é o locador que adquire o bem e o deixa com você. Após o término do período, a empresa tem a opção de devolver o bem, de renovar o contrato ou simplesmente de pagar o valor residual definido previamente e comprá-lo. 

Já o modelo de comodato é diferente. Nesse caso devolve-se o bem ao final do contrato, e a empresa não tem a intenção de comprá-lo. Apenas quer utilizar os equipamentos por um período de tempo pré-determinado. Embora a empresa não precise pagar para utilizar o bem durante o tempo determinado, é necessário realizar todas as manutenções necessárias.

Conclusão

Como sempre falamos, o ideal é que a empresa evite recorrer a operações de crédito, pagando altos juros, para financiar sua operação. Sabemos, no entanto, que muitas vezes é necessário fazer um empréstimo ou um financiamento, para manter a saúde financeira ou expandir os negócios.

Caso a necessidade de sua empresa seja a aquisição de uma máquina ou equipamento, o leasing é uma opção muito mais vantajosa que um crédito tradicional. Oferece, normalmente, menores taxas, maiores prazos e não tem cobrança de IOF. Muitas vezes também, não se exige uma “entrada” – mas essa não é uma regra.

Lembre-se também que assim como no crédito para empresas, existem várias instituições ofertando leasing no mercado. Portanto, analise as condições de cada uma, veja as taxas, os prazos e decida por aquela que melhor atender as necessidades de sua empresa.

Por fim, alguns segmentos de mercado, como o Agro, por exemplo, tem benefícios em operações de leasing. Informe-se com o Conexão Financeira e escolha a melhor solução para sua empresa.

Quer um contato para conhecer opções de Leasing de Máquinas e Equipamentos? Fale conosco!

Perguntas Frequentes sobre Leasing de Máquinas e Equipamentos

Pode haver a transferência de titularidade do bem?

Sim. Vale lembrar que a transferência de titularidade esta sujeita a análise e aprovação de crédito. Se a operação for aprovada, portanto, pode haver cobrança de Tarifa de Transferência. Normalmente a transferência não pode ser realizada de Pessoa Jurídica — titular do contrato — para Pessoa Física.

O que fazer em caso de roubo ou perda total do bem?

A empresa (ou pessoa física) pode pagar o saldo devedor total antecipadamente ou optar pela substituição do bem. Consulte, portanto, as condições de cada instituição.

Quando o bem alienado é liberado?

Apenas após o pagamento total do financiamento. Em outras palavras, quando as prestações acabam.

Posso substituir o bem que está em contrato?

Sim, mas há uma análise de crédito e da operação. Analisa-se o valor do novo bem e o novo valor deve ser  igual ou maior que o atual. Se aprovada a substituição, normalmente se cobra uma tarifa de substituição da garantia.

É possível fazer leasing de máquinas e equipamentos usados?

Apesar de não ser comum, em algumas instituições é sim possível. Analise as opções.

Pode-se fazer leasing apenas de máquinas e equipamentos?

Não, existem diversos bens que podem ser arrendados através de leasing. Por exemplo: veículos, aeronaves, computadores, celulares.

Conteúdo Relacionado

ATENÇÃO!!! Não somos uma instituição financeira e nem oferecemos produtos financeiros pelo site, e-mail ou WhatsApp. Fique atento a golpes! Caso receba alguma mensagem solicitando depósitos e usando a nossa marca, denuncie e bloqueie o número imediatamente.
Close Bitnami banner
Bitnami