Saiba como manter os dados do cartão de crédito seguro

Publicado por Lucas Avila - 15/03/2022

O cartão de crédito é, atualmente, uma das formas de pagamento mais eficientes que temos. Contudo, poucas pessoas pensam na importância de deixar os dados do cartão de crédito seguros. 

Pelo fato da sua facilidade de pagamento, muitas começaram a aderir essa forma de pagamento. 

Um dos motivos para o cartão de crédito se destacar tanto, é o fato de que a maioria dos sites só trabalham com esse meio de pagamento. 

Como exemplo, há empresas que trabalham na área de administradora de condomínios que, geralmente, disponibilizam somente o cartão de crédito como forma de pagamento para seus clientes. 

Alguns outros sites estão começando a trabalhar com o PIX, porém, essa forma de pagamento ainda está sendo consolidada no mundo digital. 

Por outro lado, há o boleto também que é a opção mais usada pelas pessoas que não tem cartão de crédito, ou se recusa a ter um. 

No entanto, pagar algo por boleto na internet, geralmente, tem a duração de até 2 dias para processar o pagamento, já o cartão de crédito a aprovação é instantânea. 

No caso do cartão de crédito, o mais recomendado é que você saiba com o que está gastando, priorizando a segurança dos dados da compra e, obviamente, os seus dados. 

As fraudes, atualmente, podem ser vistas desde um site de consultoria engenharia elétrica, até simples lojas virtuais. 

Diante do cenário atual, onde muitas pessoas já estão acostumadas a usar o cartão de crédito, ainda há pessoas com receio de começar a utilizar essa forma de pagamento.

O principal motivo para esse receio acontecer, é pelo motivo de muitos golpes surgirem com o tempo. Parte desse crime costuma acontecer na internet, onde há alguns sites que não são verdadeiros e, para os leigos, trata-se de apenas mais um site para fazer compras. 

Como prova de que comprar pela internet é, hoje, um hábito para a maioria dos brasileiros, o Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil) realizou um estudo junto com a Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e mostrou que 27 capitais do país já possui o costume de comprar na internet. 

Contudo, levantaremos alguns hábitos que, quando praticados, farão com que os seus dados permaneçam seguros. 

Faça transações em sites seguros

Como já citado no texto, a internet vem sendo o palco principal da utilização do cartão de crédito. 

Desse modo, todo cuidado é pouco para proteger os seus dados. Não pense que um site que trabalha como assessoria fiscal, ou qualquer outro segmento está isento de fraudes. 

O ideal é que você fique de olho na confiabilidade dos sites, principalmente quando a compra for de grande porte. Se caso o site não for de confiança, os seus dados poderão ser compartilhados e disponíveis para outras pessoas. 

Casos assim podem acontecer até mesmo com sites educacionais, que oferecem, por exemplo, um curso de aeromoça online. Portanto, não é exagero frisar neste texto que as pesquisas sobre o respectivo site sejam feitas. 

Uma das maneiras de saber se o site é seguro, é pesquisar as avaliações de compras anteriores, ou, pesquisar no Google se aquele site que você pretende realizar a compra é, de fato, confiável. 

Para não ter erro, você pode optar por sites que são bastante conhecidos e que possuem boa avaliação dos compradores. 

Esses cuidados podem ser aplicados em qualquer esfera, desde uma empresa que trabalha com antecipação de recebíveis cheques, até lojas de roupas e acessórios em geral. 

É natural que algumas pessoas fiquem animadas com a compra por conta do preço e pela necessidade de ter o produto, porém, procure não comprar por impulso. 

Na internet há muitos anúncios chamativos ou promoções difíceis de se ver. Nem tudo que aparece na web é seguro, portanto, considere fazer as pesquisas sobre o site para saber se a compra pode, ou não, ser feita. 

Na maioria dos casos as pessoas acabam comprando por impulso devido ao preço baixo do produto, logo, esse é o fator principal que você deve se atentar no momento de fazer uma compra. 

Para facilitar na identificação de um site seguro, procure saber se a plataforma de compras possui o cadeado de segurança que fica no campo de endereço URL. 

Desse modo, é possível ter segurança na contração de uma empresa que trabalha com instalações elétricas, por exemplo.

Esse cadeado fica responsável pelos seus dados digitados, logo, ele irá acompanhar toda a transação bancária do início ao fim. 

Confira o extrato do cartão

Outro costume que a maioria das pessoas não tem, é conferir o extrato do cartão de crédito para saber como, e onde a compra foi feita. 

Esse hábito deve ser adquirido em qualquer compra realizada, independente se foi feita em uma loja virtual que trabalha com cabos elétricos ou outros segmentos. 

Na maioria das vezes, não dá para saber se o site é realmente confiável, isso porque os sistemas de fraudes estão cada vez mais sofisticados. 

Por esse motivo, o ideal é que o extrato da compra seja conferido antes mesmo da fatura chegar até você. Desse modo, é possível evitar eventuais problemas. 

Caso você identifique que foi feita uma cobrança indevida, é possível contornar a situação entrando em contato com o banco ou empresa. 

Ative a segurança para proteger o cartão

Na realidade, essa função não está presente em todos os cartões. Porém, caso o seu tenha, o recomendado é que ela esteja ativada. Alguns cartões possuem uma camada de segurança adicional, que facilita no controle de dados. 

O Mastercard, por exemplo, há o SecureCod, que é, resumidamente, um código que precisa ser colocado em cada transação feita pela internet. 

O SecureCod consegue ser ainda mais eficaz, pelo fato de que o vendedor não é autorizado a divulgar o respectivo código, garantindo assim, o sigilo das suas informações. 

Por outro lado, a Visa possui o Verified by Visa, que envia uma mensagem de maneira pessoal para o usuário no ato da transação. Essa mensagem apresenta uma senha que permite finalizar a compra. 

Caso você não saiba dessas funções de segurança, você pode procurar o seu banco e se informar sobre as maneiras de tornar as suas compras mais seguras. 

Ainda há alguns bancos que possuem sua própria forma de segurança, que é o envio de PIN por SMS, telefone e códigos de segurança. 

Veja as configurações do seu navegador

Até então, é possível entender que todas as formas de conferir se a compra a ser realizada será feita de uma forma segura é extremamente importante para que alguns problemas sejam evitados. 

Contudo, checar as configurações do seu navegador também faz parte das maneiras de evitar fraudes. 

Para promover uma segurança maior nas suas compras, é necessário que você vá até em “Configurações”, e procure a opção de preenchimento automático. Caso ela esteja ativada, é preciso desativá-la. 

Desativando essa configuração, fará com que seja evitado que o seu cartão de crédito seja armazenado no seu navegador. 

Nunca salve seus dados do cartão

Algumas empresas, como lojas virtuais que trabalham com venda de ar condicionado comercial, disponibilizam a opção de salvar o cartão de crédito para que, quando for comprar novamente, o usuário não precise se dar ao trabalho de preencher os campos de dados novamente. 

Quando possível, o mais interessante a ser feito é que você desative essa opção quando aparecer. 

Por mais que seja mais demorado colocar todos os dados do cartão para efetuar uma compra online, tenha certeza de que essa maneira é, de longe, mais seguro que deixar o cartão salvo no site da empresa. 

Há algumas exceções que podem ser feitas, como as plataformas de streaming que exigem pagamento periódico. 

Nunca confirme dados por telefone

Algumas lojas tem um processo de segurança, que é entrar em contato com o comprador para confirmar alguns dados a fim de evitar fraudes. No entanto, algumas informações solicitadas nessas ligações podem soar de forma estranha. 

Há casos em que essas ligações pedem o código de segurança do cartão, o CVV. Situações como esta devem ser evitadas, afinal, dados como esse não devem ser passados para ninguém. 

Faça um cartão de crédito virtual

Pelo fato das pessoas estarem comprando cada vez mais pela internet, alguns bancos disponibilizam para seus clientes os cartões virtuais justamente para as compras online. 

Geralmente, eles possuem uma numeração diferente do cartão físico e são vinculados a um cartão de crédito convencional. Assim, não é necessário informar os números de “verdade” do seu cartão. 

O cartão virtual possui outras vantagens que fazem com que as pessoas usem somente ele para as compras na internet. São eles:

  • Definir o limite;
  • Definir o limite máximo de compras;
  • Bloqueá-lo facilmente;
  • Mais seguro se comparado aos cartões convencionais.

Assim, finalizamos o texto pontuando que proteger o cartão de crédito é baseado somente em hábitos que, se adquiridos, não se tornam problemáticos para os usuários, tendo em vista que os dados estarão ainda mais seguros. 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira.