Trava de Recebíveis

Lei da trava de recebíveis e os benefícios para a indústria: saiba tudo sobre o assunto

Lei da trava de recebíveis e os benefícios para a indústria

A inadimplência nas indústrias é muito prejudicial para os negócios. 

Os empresários sempre ficam alerta e buscam ferramentas como a lei de trava de recebíveis para ajudá-los. Assim, podem ser reduzidos os riscos do não recebimento pelos serviços e produtos. 

O serviço é aprovado pelo Banco Central do Brasil (BACEN) para facilitar o mercado financeiro e colaborar para todos os envolvidos. 

Trata-se da Resolução n°4.734 e Circular n°3.952, que transforma o registro e uso dos recebíveis de pagamentos de cartões de crédito e débito.

Entenda como funciona 

Antes, quando um lojista precisava de crédito, se dirigia a uma instituição financeira e poderia usar dos recebíveis como uma garantia de crédito, no entanto de forma limitada. 

As informações dos recebíveis ficavam restritas às credenciadoras, responsáveis pelas máquinas, e quando havia a necessidade de usá-las na concessão de crédito por parte dos bancos, permaneceram sob custódia da instituição até a quitação do empréstimo, sem permissão para o varejista optar por condições melhores de outros bancos. 

As alterações da lei da trava de recebíveis atuam exatamente nesse cenário para expandir as opções para fornecedores e clientes e por isso trazem, também, benefícios diretos para a indústria. 

Entenda mais ao longo desse artigo.

O que é a lei da trava de recebíveis?

A lei da trava de recebíveis se trata da “trava bancária” que os bancos poderiam realizar sobre os recebíveis futuros das vendas de cartão de crédito e débito de uma empresa na solicitação de crédito. 

Assim, quando um varejista necessitava de um empréstimo, se dirigia ao banco de sua escolha e oferecia seus recebíveis futuros como garantia de pagamento. 

O banco, por sua vez, travava esses recebíveis até a quitação do empréstimo, recebendo a custódia deles ainda que o crédito solicitado representasse apenas parte do valor total, além de ter liberdade para estipular suas condições de taxas ao varejista sem que ele pudesse recorrer a outra instituição financeira.

Segundo as novas regras estipuladas em junho de 2021, o Banco Central determinou que o registro das transações de crédito e débito seja centralizado. E conjuntamente compartilhado com entidades registradoras autorizadas pelo Bacen. 

Caso o estabelecimento permita, as empresas homologadas nessas entidades podem acessar esses registros e utilizá-los em operações como garantias de pagamentos. 

Nesse caso, os recebíveis também não devem ficar travados pelas instituições financeiras. Impedindo o movimento do empresário em optar por bancos com melhores condições de crédito e taxas abusivas. 

É a liberdade para o empresário:

  • Expandir seu crédito;
  • Centralizar e compartilhar os registros de seus recebíveis futuros;
  • Compartilhá-los com uma empresa homologada a uma entidade registradora;
  • Optar pela instituição financeira que melhor lhe atenda em caso de solicitação de crédito. 

Além dos benefícios para o varejista, as novas regras da lei da trava de recebíveis beneficiam também fornecedores. Contribuindo para a inadimplência zero na rede de distribuição.

Como a lei da trava de recebíveis beneficia a indústria?

A lei da trava de recebíveis beneficia a indústria ao conceder garantia de pagamento e ajudar a promover a inadimplência zero. 

Isso porque utiliza desses pagamentos futuros para garantia de crédito ao varejista e garantia de pagamento ao fornecedor. 

Assim, ao reduzir as taxas de inadimplência no cenário da distribuição, os varejistas possuem crédito expandido e, consequentemente os fornecedores recebem. 

Logo, com as novas mudanças da lei da trava de recebíveis, podem ser usados como garantia de pagamento ao fornecedor. 

Deste modo, as mudanças prometem movimentar o cenário ao gerar concorrência entre instituições financeiras para estabelecer taxas mais baixas em concessões de crédito, capacitar o varejista com garantia de crédito e promover ao fornecedor garantia de pagamento. 

Trata-se de melhorias que auxiliam todos os envolvidos na cadeia de distribuição, podendo chegar inclusive ao consumidor final, em forma de economia.

Portanto, as novas regras da lei da trava de recebíveis vêm promover melhorias para a relação indústria-varejo. Concedendo força aos varejistas e segurança aos fornecedores para impulsionar as transações. 

Como a Pay Hop pode te ajudar?

Com as novas regras, a centralização e o compartilhamento das informações dos recebíveis futuros de pagamentos de débito e crédito com entidades registradoras, a PayHop possa te ajudar nas negociações. 

Inclusive, após essas mudanças é considerável a melhoria da relação indústria-varejo em relação a inadimplência zero. 

Isso porque o compartilhamento das informações acerca dos recebíveis futuros permite que essas instituições analisem e orientem a melhor forma de utilizar esses recebíveis como garantia de crédito e garantia de pagamento.

A PayHop é a primeira fintech a unir fornecedores e varejistas em uma única plataforma tecnológica visando diminuir a inadimplência na rede de distribuição.

Ajudamos a garantir crédito para varejistas e pagamento para fornecedores por meio do uso de recebíveis futuros do pagamento de crédito e débito independente da credenciadora responsável pela máquina utilizada. 

Para o fornecedor, isso garante vendas adicionais até mesmo para lojistas com os quais não possui crédito, com garantia de pagamento pelos recebíveis futuros do varejista. 

Para o varejista, garantia de crédito com custo zero!

Conheça o trabalho da PayHop e não perca a oportunidade de acompanhar as melhorias que vêm surgindo para a cadeia de distribuição. 

É representante de um ou mais fornecedores que ainda não contam com o apoio da PayHop? 

Entre em contato conosco e se torne nosso parceiro!

É varejista e seu fornecedor não utiliza a PayHop? 

Preencha nosso formulário de indicação de fornecedores que nós entramos em contato com ele para apresentar nosso trabalho!

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira

C6 Bank - O banco feito para sua empresa!