Entenda mais sobre o mercado financeiro através de filmes

Publicado por Lucas Avila - 24/05/2022

Quando o assunto é sobre mercado financeiro, para algumas pessoas o tema pode ser um tanto complexo para entender, isso porque a pauta envolve:

  • Bolsa de valores;
  • Economia;
  • Questões políticas;
  • Estudos e análises.

Em alguns momentos, o mercado financeiro chega até ser questionável. Por esse motivo, vários filmes pegaram aspectos desse universo que nos fazem entender melhor sobre como esse mercado funciona.

Até então, todos os filmes e livros que procuram abordar os sucessos que costumam ocorrer, também retratam os cenários negativos que acontecem em meio às negociações.

Na prática, o filme também mostra como as negociações são feitas, questões que acabam acontecendo com uma empresa de placas de sinalização de trânsito ao tentar fazer algum tipo de negociação que possa favorecer os seus resultados.

Para que você entenda melhor como funciona o mercado financeiro, listamos 10 filmes premiados que retratam a cultura dessa prática e tudo que acontece ao redor dela.

Vale dizer também que os filmes que serão citados nesse artigo estão disponíveis em plataformas de streaming até o presente momento.

A Grande Aposta (2015)

Para iniciarmos a lista, vamos usar um filme que se passa em uma crise financeira em 2008. O cenário nessa época foi extremamente complexo para as empresas, onde até mesmo lojas que vendiam balões infláveis para propaganda começaram a sentir os efeitos da crise econômica.

A trama de A Grande Aposta, se baseia em três histórias diferentes. Michael Burry (Christian Bale) é um guru de Wall Street que, após perceber a inadimplência do mercado imobiliário, decide investir contra ele.

Jared Vannett (Ryan Gosling) também segue o mesmo caminho que Burry seguiu. No caso, Vannett tenta fazer dinheiro se antecipando às crises financeiras.

Na realidade, esse tipo de prática pode ser vista frequentemente. O fato é que vários negócios, às vezes, precisam de uma assessoria contábil para abertura de empresa justamente para evitar problemas relacionados à parte burocrática que acontece quando é iniciado um empreendimento.

Para completar a trama, entra em cena o Mark Baum (Steve Carell), que é um diretor de uma empresa conhecida como FrontPoint, subsidiária do Morgan Stanley e de Ben Rickert (Brad Pitt), que é um ex-banqueiro que está de volta aos jogos no momento em que ele é abordado por dois jovens.

Margot Robbie e Selena Gomez também participaram do filme, que inclusive ganhou o Oscar de Melhor Roteiro Adaptado.

Jogo do Dinheiro (2016)

Dirigido por Jodie Foster, o filme se passa com um grande foco em Lee Gates, interpretado por George Clooney, sendo ele o protagonista da história.

Gates é um apresentador de televisão que passa algumas dicas para o seu público sobre como fazer os investimentos em Wall Street.

No universo desse filme, vários empreendedores que trabalham com diferentes áreas, desde comércios que trabalham com comunicação visual em acrílico, até lojistas que vendem outros tipos de produtos.

No meio da trama, Gates é tomado como refém por Kyle Budwell (Jack O’Connell), um homem que perdeu todo o seu dinheiro depois de investir nas dicas que o apresentador passava.

Após ter a sua vida financeira totalmente transformada, ele começa a desenvolver vários planos para ter a sua vingança contra Gates.

Psicopata Americano (2000)

Há uma parcela das pessoas que preferem ver a parte mais tóxica de uma prática. Por exemplo, muitas pessoas podem se interessar sobre áreas específicas, como consultoria contábil para empresas.

Entretanto é necessário saber as partes ruins que o segmento pode proporcionar para não ter nenhum tipo de surpresa quando estiver exercendo a profissão.

Nesse filme, que tem como ator principal Christian Bale, ele se passa por um psicopata que ronda as ruas de Nova York.

Psicopata Americano é baseado em um livro homônimo de Bret Easton Ellis. O longa se passa em 1980 e retrata os excessos da era yuppie, quando estava em seu auge em Wall Street.

O filme também mostra o consumo de drogas, como a cocaína, enquanto o estado mental de Bateman ficava, com o tempo, cada vez mais perigoso.

Profissionais que consomem algum tipo de substância capaz de alterar sua mentalidade é comum em algumas profissões, embora não seja uma prática indicada em qualquer que seja o ramo.

É indicado que os funcionários da sua empresa de criação de softwares estejam sempre saudáveis para garantir a melhor performance possível, fazendo com que sua empresa apenas cresça.

Ao ler o livro de Ellis, é possível entender o cenário empresarial em que os investidores participavam. Resumidamente, essa era que se passava nos 1980 poderia ser definida como um cenário totalmente caótico, onde se alimentavam de comportamentos sociopáticos.

O Lobo de Wall Street (2013)

Dirigido por Martin Scorsese e indicado a 5 Oscars, O Lobo de Wall Street conta a história real de Jordan Belfort, que é interpretado por Leonardo DiCaprio.

Belfort é um corretor que trabalha em Wall Street e após perder o emprego na chamada Sexta-feira Negra, ele passa a trabalhar em uma pequena empresa que vende papéis honestos de fora da bolsa de valores.

Na realidade, essa Sexta-feira Negra conseguiu atingir vários tipos de negócios, incluindo empresas de instalação de sistema de câmeras de segurança e outros segmentos que estavam ligados diretamente com vendas.

O protagonista vive suas aventuras financeiras acompanhado pelos seus amigos, que são Donnie (Jonah Hill), Margot Robbie e Matthew McConaughey.

Margin Call – O Dia Antes do Fim (2011)

O filme é baseado na famosa crise financeira que aconteceu em 2008, onde o protagonista, que é o Eric Dale (Stanley Tucci), foi dispensado do seu trabalho em um dia onde houve uma série de demissões de uma instituição financeira localizada em Wall Street.

Antes de sair do prédio que trabalhava, ele esquece um pen drive com outro funcionário, conhecido como Peter Sullivan (Zachary Quinto), pedindo “cuidado”.

Após Sullivan analisar os dados que estão armazenados no pen drive, ele descobre que uma catástrofe econômica irá acontecer.

Mercado de Capitais (2016)

Com uma equipe de criação formada inteiramente por mulheres, o filme tem como protagonista Naomi Bishop (Anna Gunn, bastante conhecida por atuar em Breaking Bad).

Trabalhando em uma empresa de Wall Street, a investidora é especializada em IPOs e está lidando com vários problemas profissionais.

Bishop se reencontra com uma antiga colega que se tornou uma promotora federal que investiga o namorado de Naomi, um corretor suspeito de trabalhar com informações privilegiadas.

O Mago das Mentiras (2017)

Baseado no livro da jornalista Diana B. Henriques, tem em seu elenco os atores Robert De Niro e Michelle Pfeiffer.

De Niro interpreta Bernie Madoff, um corretor de ações e consultor financeiro que foi preso em 2008, acusado da maior fraude financeira da história dos Estados Unidos, que inclusive tinha um poderoso fundo de investimentos.

Grande Demais Para Quebrar (2011)

Inspirado no livro de Andrew Ross Sorkin, o filme conta a história de um secretário do tesouro americano, Henry Paulson (William Hurt) que precisa lidar com a iminente crise e interagir com pessoas poderosas como Dick Fuld (James Woods), um CEO que negocia vender um banco para Warren Buffett.

Devido ao fato do magnata se recusar a pagar o valor pedido, Paulson tenta fazer com que outros bancos dos EUA comprem o Lehman e evitem uma catástrofe de grandes proporções.

Trabalho Interno (2010)

Esse longa-metragem trata-se de um documentário narrado por Matt Damon, que inclusive venceu o Oscar de Melhor Documentário em 2011.

Ele conta com entrevistas com banqueiros, especialistas em economia, jornalistas especializados e políticos em cargos-chave.

Por sua vez, o documentário é dividido em partes para que o público possa entender como a crise se originou e causou consequências às empresas que trabalham com software para gestão de franquias e outros segmentos.

Wall Street – Poder e Cobiça (1987)

Dirigido por Oliver Stone, Wall Street – Poder e Cobiça é marcado por mostrar como o mercado de ações é cruel e frio.

O corretor de ações Bud Fox (Charlie Sheen) pensa em todas as possibilidades possíveis para se aproximar do poderoso investidor Gordon Gekko.

Após finalmente conseguir essa aproximação, tornando-se seu aprendiz, Fox começa a ser guiado por Gekko e, conforme sua confiança foi conquistada, o investidor pede para Fox inspecionar o CEO de uma grande empresa.

Através de informações privilegiadas, Fox e Gekko lucram e chamam a atenção da Comissão de Valores Mobiliários dos Estados Unidos.

Devido ao grande nível de popularidade que o filme ganhou com o seu público, o longa ganhou uma continuação, chamada de Wall Street: O Dinheiro Nunca Dorme (2010).

Gekko foi criado com uma mentalidade do tipo “lucro acima de tudo” que imperava no mercado de ações americano, acabando por inspirar vários investidores. O cenário foi transformado radicalmente, e das críticas negativas passou a se tornar um herói.

 

Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Quer estar por dentro do mundo das finanças?

Assine a newsletter do Conexão Financeira.