Capital de Giro: O Que É, Como Controlar e Como Calcular?

Equipe Conexão Financeira - 24/08/2020

O capital de giro é um dos conhecimentos mais indispensáveis para ter sucesso com empreendimentos. Mas você sabe do que se trata? Já ouviu falar, porém tem dúvidas de como funciona e para que serve?

Então, acompanhe o artigo para saber tudo sobre o assunto, desde a função desse montante financeiro, sua importância para empresas até as formas de solicitá-lo. 

Precisa de Capital de Giro para colocar as finanças da sua empresa em dia? Então confira as melhores Soluções Financeiras para a sua empresa com a Conexão Financeira! 

O Que É Capital de Giro?

Se a pandemia fez surgir novas demandas, consequentemente, novas empresas tiveram o seu pontapé inicial neste período. 

Mas para sobreviver no mundo dos negócios e ir contra os dados que indicam o fechamento de empresas nos primeiros dois anos de atividade, é preciso conhecer a saúde financeira do seu empreendimento a fim de mantê-lo ativo. 

O capital de giro é um montante financeiro que a empresa dispõe para custear as despesas, tanto variáveis quanto fixas, ao mesmo tempo em que aguarda a entrada de valores provenientes da comercialização de seus produtos ou serviços.

Se pensarmos na administração de uma residência, por exemplo, seria o dinheiro que a família teria à disposição para quitar contas como aluguel, água, luz, telefone, entre outros gastos, antes mesmo do recebimento da renda mensal. 

Por outro lado, em uma empresa que comercializa produtos ou serviços, o capital de giro serve para manter o negócio operando normalmente, mesmo que as vendas caiam. 

Ou seja, se as vendas subirem ou reduzirem, o negócio continua funcionando, pois possui um capital de giro que serve para cobrir as despesas fixas e ainda garante que gastos variáveis sejam quitados.

Para Que Serve Capital de Giro?

Logo, o capital de giro serve para garantir a saúde financeira de uma empresa, mesmo quando há variação nas vendas. Desta forma, é possível:

  • oferecer recursos de financiamento ao cliente (compras à prazo);
  • possibilidade de negociar com fornecedores para conseguir preços mais competitivos;
  • assegurar a manutenção de estoque;
  • garantir pagamento de fornecedores, colaboradores, obrigações fiscais e custos operacionais no geral.

Quais São os Tipos de Capital de Giro?

Conheça agora algumas definições de capital de giro que você precisa entender:

Líquido

Representa todo o montante de recursos financeiros disponíveis para uso, com exceção ao ativo não circulante (como bens e imóveis). Ou seja, é o valor disponível para a manutenção da empresa.

Negativo

Ocorre quando a empresa está gastando mais do que recebe e a soma de todos os recursos não é suficiente para arcar com todas as despesas.

Se a situação se estende por vários meses, torna-se preocupante. Entretanto, saiba que é normal que haja mais gastos no início de um empreendimento e em períodos de crescimento, desde que seja por um curto período.

Próprio

Como o nome sugere, refere-se ao dinheiro próprio que a empresa possui para solucionar suas questões financeiras, sem necessidade de recorrer a empréstimos ou outros recursos de terceiros. 

Associado a Investimentos

É a união entre o capital de giro e os investimentos para cobrir as despesas da empresa. Um exemplo é a compra de equipamentos por meio de financiamento para conseguir adquirir matéria-prima.

Como Manter o Capital de Giro Saudável?

Como vimos, o capital de giro é fundamental para a saúde da empresa. Contudo, é necessário tomar algumas medidas para fazer uma boa gestão desse montante:

  1. faça um bom controle de fluxo de caixa;
  2. negocie melhores condições de pagamento com clientes e fornecedores;
  3. pague à vista somente se as condições de pagamento forem melhores;
  4. corte gastos desnecessários;
  5. ofereça opções aos clientes de pagamento antecipado;
  6. opte por empréstimos quando necessário;
  7. busque investidores para a empresa.

Qual É a Importância do Capital de Giro?

Possivelmente você conhece alguma empresa que não possui capital de giro ou desconhece o assunto. Então, qual a importância do tema? Ele é fundamental, então vejamos o porquê.

É o capital de giro que mantém a sobrevivência de um negócio no mercado, principalmente considerando as oscilações que a economia sofre em todos os segmentos.

Portanto, fazer a gestão do capital de giro, reservando-o de acordo com os gastos fixos e prevendo os custos variáveis (com base no que a empresa já enfrentou) é uma ação fundamental para a saúde financeira do seu negócio.

Exemplos do Que Pode Ser Feito Com o Capital de Giro

Agora que compreendemos o que ele é, fica a dúvida: o que fazer com o capital de giro? Vejamos a seguir.

Estoque

O capital de giro serve como recurso para manter o estoque. Com isso, seu negócio consegue atender às demandas dos clientes de maneira mais imediata.

Custos Operacionais

O uso do valor do capital de giro serve também para custear os gastos com fornecedores (compra de matéria-prima ou mercadorias para revenda) e pagamento de salários de funcionários, impostos, entre outros custos operacionais.

Vendas a Prazo

Quando as vendas a prazo são uma prática recorrente em um negócio, então, caracteriza-se como um financiamento ao cliente. Afinal, sua empresa deixa de receber no momento da venda para receber o valor no futuro.

É neste momento que entra o capital de giro. Ele serve para custear os gastos que surgirem até a efetivação do pagamento da compra feita a prazo.

Como o Capital de Giro É Calculado?

Primeiramente, faça o levantamento de todas as contas a receber e some a elas o valor que seu negócio possui em estoque. 

Na sequência, analise todas as contas a pagar e some a elas o valor de impostos e despesas a serem quitados. 

O capital de giro é a diferença entre os recursos disponíveis em caixa e a soma das contas a pagar e despesas.

Cálculo para saber o Capital de Giro
Fonte: Conexão Financeira com base em Sebrae (2020).

Percebeu como ele é fundamental para a operação do seu negócio? Por isso, é preciso fazer a correta gestão financeira de sua empresa para garantir que o capital de giro esteja de acordo com as necessidades de operação.

Como Conseguir Capital de Giro?

Digamos que seu negócio começou no vermelho e ainda não conseguiu ter esse montante financeiro. Como conseguir capital de giro? Confira algumas sugestões:

Cartão de Crédito

O cartão de crédito PJ é uma maneira de conseguir montante financeiro para as transações da empresa e poder pagar depois. Além disso, se você quitar a fatura de uma vez só, não precisará pagar juros.

A grande vantagem é a possibilidade de centralizar despesas, o que facilita no controle financeiro. Porém, é preciso acompanhar as contas de perto para evitar gastos desnecessários.

Cheque Especial

É o limite de crédito da conta corrente, geralmente oferecido pelas instituições financeiras com resgate automático a partir do momento que o saldo fica negativo.

É uma boa alternativa para emergências, mas é importante ficar atento aos juros altos e às formas de pagamento, pois há instituições que efetuam a cobrança assim que cai o dinheiro na conta.

Financiamento

Geralmente, serve para cobrir despesas mais altas, como aquisição de máquinas, materiais e terrenos. O financiamento pode ser vantajoso para empresas, já que ocorre a longo prazo, com parcelas fixas e taxas de juros pré-fixadas. Porém, exige garantias, como bens e imóveis.

Crédito para MEI

Já os microempreendedores individuais podem recorrer ao empréstimo para MEI para conseguir dinheiro e fazer seu negócio girar. 

Por atuar como incentivo para acelerar pequenos empreendimentos, geralmente são menos burocráticos e possuem juros menores.

Empréstimo Com Garantia

Diferente de um empréstimo comum, no empréstimo com garantia, é preciso oferecer como garantia um bem ou imóvel. Com isso, as instituições conseguem cobrar juros menores e prazos melhores, já que há a garantia de pagamento.

Essa opção é interessante para abrir ou investir em uma empresa devido aos juros baixos, mas você pode perder bens e imóveis caso não efetue os pagamentos.

Aporte de Sócios

Utilize suas economias e convide seus sócios para fazer isso também, pois, dessa forma, vocês estarão injetando capital no próprio negócio sem a preocupação inicial de contrair dívidas.

Renegociação de Parcelas e Dívidas

Faça um levantamento de todas as dívidas e parcelamentos e tente renegociar com fornecedores e parceiros. 

Esta alternativa não é uma forma de gerar capital de giro, mas consegue atuar na diluição dos custos de operação do seu negócio no curto prazo.

Lembre-se de manter a pagamento em dia para que isso não afete a reputação de sua empresa. 

Antecipação de Recebíveis

Nesta modalidade, seu negócio consegue arcar com juros mais baixos, pois está trabalhando com valores de vendas concretizadas. 

Como o próprio nome diz, uma instituição financeira que faça a antecipação de recebíveis está, na prática, adiantando um valor para sua empresa que está garantido pela venda que já foi efetuada.

Empréstimos Bancários para Pessoa Jurídica

Esta seria a opção mais óbvia para alguém iniciando sua jornada no mundo dos negócios. Pode ser uma alternativa para a sua empresa se as anteriores não se encaixarem em seu cenário de operação. 

Precisa de Capital de Giro para colocar as finanças da sua empresa em dia? Então confira as melhores Soluções Financeiras para a sua empresa com a Conexão Financeira! 

Conclusão

Seja para expandir o negócio, dar início a um novo projeto ou manter a saúde financeira da sua empresa, o capital de giro é um valor imprescindível para não entrar nas estatísticas de empresas que encerram atividades nos primeiros dois anos. 

Por isso, conhecer bem sobre esse recurso e buscar controlá-lo de forma eficiente te ajudará a manter a saúde financeira da sua empresa.

Quer compreender mais sobre a gestão financeira de seu negócio? Confira os conteúdos a seguir e tire suas dúvidas:

Apenas 23% das pequenas e médias empresas buscam crédito para capital de giro fora dos bancos tradicionais
Máquina de Cartão para MEI – como escolher?
Financiamento Empresarial e Leasing – Conheça as diferenças
5 razões para abrir uma Conta Digital para a sua Empresa hoje mesmo!

ATENÇÃO!!! Não somos uma instituição financeira e nem oferecemos produtos financeiros pelo site, e-mail ou WhatsApp. Fique atento a golpes! Caso receba alguma mensagem solicitando depósitos e usando a nossa marca, denuncie e bloqueie o número imediatamente.
Close Bitnami banner
Bitnami